PENSAMENTO

"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer
entendimento." (Clarice Lispector)

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

UM POEMA EM CADA ÁRVORE

A praça da Catedral Nossa Senhora da Glória domingo estava cheia de atrações e diversões para as famílias. Entre tantos a poesia também floresceu nesse belo palco e encantou aos que apreciam essa arte. O projeto Um Poema em cada árvore é nacional e já acontece em Maringá desde 2012. Esse ano sob a coordenação da amiga professora, escritora e poeta Angela Regina Ramalho Xavier foi um sucesso! Teve entrevista para TV e até declamação. E assim vamos semeando nossos versos, de praça em praça, de ano a ano...
E nossos poemas foram acolhidos, lidos e abençoados, em lugar privilegiado na praça da catedral de Maringá. No dia da árvore e também da paz, preces poéticas ecoaram entre os verdes, levados pela brisa fresca. O rei sol chegou bem cedo banhando de luz, paz e esperança nossa querida cidade canção.





























Poesia É Pedra Preciosa De Amor

Poesia dá em árvore

nos pássaros e ninhos

dá na mata e na cidade

nos mares e navios

até na pobre lagoa

sem sapo, sem canoa.

Poesia é obra divina

é pedra preciosa de amor

incrustada na flor

na primavera de sorrisos

na cachoeira de lágrimas

na rua, na ponte e na estrada

é música de anjo

é tilintar de sino

é o jeito puro de criança

e esperança de menino

Poesia causa arrepios

é toque mágico de fada

carícia e paixão

é perfume de sonho

é namoro em botão

Tem cheiro de saudade

tem sabor de festa

tem a cor do arco íris

e som de orquestra

é o encontro do eu

e um beijo de Deus.

[Vera Margutti]


Nenhum comentário:

Postar um comentário