PENSAMENTO

"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer
entendimento." (Clarice Lispector)

sábado, 8 de março de 2014

MEU JEJUM DESSA QUARESMA

Decidi que quero me presentear nesse dia dedicado às mulheres, e te convido querida amiga, a me acompanhar. Além da grandeza do gesto penitencial religioso, ainda ajudará manter a forma e até mesmo a emagrecer - quem não quer esse presente?
Vou começar hoje meu jejum da quaresma, que já anda a largas pernas, desde as cinzas da última quarta.
Existem muitas formas de jejuar, de se penitenciar, mas todas se resumem na privação de algo que muito gostamos e que somos "viciados". Dar uma podada em nossos maus hábitos, ao menos uma vez ao ano, além de atender o convite religioso nesse tempo forte da quaresma, ainda agrega benefícios para nossa saúde física e emocional.
Cada qual sabe onde peca mais nos vícios e maus hábitos. Eu, por exemplo, todo ano escolho um e cumpro o propósito de me privar dele durante esse tempo, e até já consegui "milagres" de eliminar para sempre. Que tal você começar também?
Esse ano escolhi que vou tirar aqueles irresistíveis doces e guloseimas, que literalmente adoçam minha vida, mas, que ao mesmo tempo me envenena e me engorda. Uma penitência para mim que sou formiguinha por açúcar. É óbvio que eliminar o açúcar completamente é bem mais complicado, uma vez que está presente em praticamente tudo que comemos em nosso dia a dia. Então começarei cortando aquelas delícias caseiras, que não ficam muito tempo sobre as mesas e que chamamos de sobremesas. O importante mesmo é o propósito do gesto, o cumprimento da penitência, que amanhã poderá deixar de ser penitência, pois, já o teremos dosado na medida certa, ou eliminado de vez.
Aproveito esse texto para externar a minha admiração e as minhas felicitações a esse ser"MULHER" que a cada dia se supera mais e tanto conquista. Que foram e serão sempre as grandes seguidoras de JESUS.
Um fim se semana iluminado, regado de doçuras sem açúcar, para mim e para todas e todos que quiserem me acompanhar.

[Vera Lucia Fávero Margutti]

Nenhum comentário:

Postar um comentário