PENSAMENTO

"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer
entendimento." (Clarice Lispector)

sábado, 17 de agosto de 2013

No meio, a INDIFERENÇA

No meio, a INDIFERENÇA

Isolamentos
'mundinho de artifícios'
tecnologias
internet
celulares...
autossuficiência.
Milhares de amigos virtuais
Ilusões reais.
Relações frias
desgastadas, arredias.
No meio, a indiferença.
Alergia de gente
diferente.
Medos sem precedentes
fuga
vazio
solidão
depressão
(mal do século?)
consequências reais.
Assim caminha a humanidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário